sábado, 1 de dezembro de 2007

I Can’t Stop Loving You - 9 Parte


E o pior é que ele estava certo novamente. A droga do carro sacolejava muito, algo bem próximo a um terremoto para ser mais exato. A sensação era a pior possivel, minha cabeça já dolorida, recebia uma pancada atrás da outra. O suor escorria e a raiva aumentava em proporções cada vez maiores.
-Merda de macaco, me acertou a cabeça de novo!
Não sei se o grito do Borracha me servia de alento, mas se pra mim aquele aperto todo já estava sendo um verdadeiro inferno, calcula pra ele que tem o dobro do meu tamanho.

-Se prepara garoto, agora vamos partir para a etapa dos saltos.

-O que?
Não deu nem tempo de terminar de fazer a pergunta e senti na pele o maldito carro rampando no meio dos carreadores da vida. Sempre sonhei em um dia fazer uma espécie de tour pelo interior, desbravar estradas virgens, sítios desconhecidos e outras especialidades que só a vida rural é capaz de proporcinar. Mas nunca imaginei realizar essa façanha amarrado num porta-malas. E o que é pior, amarrado ao lado de um gordo gemendo feito um porco.

-Vai de leve ai Borracha. Essa coisa macia que você está pisando é meu nariz!


Continua....

14 comentários:

Chuvinha disse...

To comecando a desconfiar que voce jogou pedra na cruz...hehehe

Boa semana!

http://blairponjinha.blog.uol.com.br/

Chuvinha disse...

Bom fim de semana!

Gustavo Coutinho disse...

ow fernandão...cade a continuação?!?!?!

Chuvinha disse...

Tem um MEME pra vc no meu blog

http://blairponjinha.blog.uol.com.br/

célia musilli disse...

andei acompanhando sua "epopéia"..vc está escrevendo bem pra caramba!!!! um grande beijo

marcelo_formatohibrido.zip.net disse...

Quaquará quá quá tenho me divertido com tua série...vou lendo depois preciso voltar para ler os outros!!!!

abs

Chuvinha disse...

Como você está silencioso ( ainda a ressaca do Natal? rs) eu deixo registrado um Feliz 2008 pra você!

Marcelo Salvador BA disse...

Felicidade



É comum no ser humano, a busca ansiosa pela felicidade. No entanto, a felicidade faz parte de nossas vidas e nós não percebemos. Felicidade é muitas vezes, termos o trabalho e nele nos realizarmos. Felicidade é termos amigos e neles confiar. Felicidade é possuir uma família e junto dela crescermos. Felicidade é a paz de consciência, é não aceitar aquilo que venha com facilidade e agradecer as dificuldades que nos ensinam a caminhar com mais segurança. Felicidade é ter olhos para ver e sermos capazes de ver além das formas que nos chegam á retina. Felicidade é saber ouvir os sons e identificar o som sublime que nos chega de Deus, através de tudo o que a Natureza nos fala. Felicidade é poder pensar, pensar com sensatez, ajudando nos e ajudando os nossos semelhantes através da orientação segura...Felicidade é, enfim, sabermos sofrer e sabermos não fazer sofrer aqueles que nos cercam. – Dr. Bezerra de Menezes

Feliz Ano-Novo 2008 abs!!!

Mr. Vanderson Freizer disse...

Passando para conhecer seu trablho e desejar um feliz 2008... depois eu volto com mais tempo para ler mais.

Betho Sides disse...

Essa sua série, parece-me interessante vou ler inteira..abçs

Betho Sides disse...

Essa sua série, parece-me interessante vou ler inteira..abçs

marcelo disse...

Oi e aê tá viajando ou mudou de blog?

abs

Ursula disse...

Gosto dessas suas histórias. beijos

Francisco Castro disse...

Olá, gostei muito do seu blog e de sua abordagem.

Parabéns!

Um abraço